22/09/2021 às 16h44min - Atualizada em 22/09/2021 às 16h44min

Após 2 dias de decisão judicial, policiais penais alegam falta de notificação e continuam greve

Sindicato deve receber proposta nesta quarta-feira e se reunir em assembleia geral nesta quinta

- Lilian Vicente
gazetaweb
Policiais Penais de Alagoas continuam greve
Após dois dias da decisão judicial que decretou o fim da greve dos policiais penais de Alagoas, o sindicato que representa a categoria afirma que não foi informado, oficialmente, sobre o conteúdo.
 

Nesta quarta-feira (22), os policiais devem se reunir com representantes do Governo, para escutar uma proposta.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Servidores e Trabalhadores do Sistema Prisional de Alagoas (Sinaspen/AL), Vitor Leite, após analisar a possível proposta do Governo, a categoria irá voltar a se reunir nesta quinta-feira (23), na sede do sindicato, onde irá decidir sobre o fim ou continuidade da greve.

Enquanto isso, a paralisação dos policiais penais de Alagoas continua.

A GREVE

O motivo da mobilização, que teve início no fim de agosto, é por melhores condições de trabalho e reposição salarial, que é referente às perdas acumuladas dos últimos anos, não concedidas durante o Governo de Alagoas.

De acordo com o presidente do sindicato, até hoje, a categoria espera uma contraproposta e apenas foi informada da possibilidade de uma reunião com o governo, no mês de setembro, sem nenhuma informação concreta sobre a possibilidade de atender os pontos da pauta.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp