03/11/2021 às 15h51min - Atualizada em 03/11/2021 às 15h51min

Acusado de matar a esposa é condenado a 16 anos de prisão

Vítima foi espancada e morta a facadas; júri popular ocorreu no Fórum da Capital

TJAL

O Conselho de Sentença do 2º Tribunal do Júri de Maceió condenou José Mizael Lima de Melo a 16 anos e seis meses de reclusão pelo feminicídio praticado contra a esposa, Jaqueline Silva de Oliveira, em 2018. A pena deverá ser cumprida em regime inicialmente fechado. 

 
 

Os jurados reconheceram a autoria do crime e negaram a absolvição do réu. O júri popular, conduzido pela juíza Luana Cavalcante de Freitas, ocorreu no último dia 26, no Fórum da Capital.

De acordo com a magistrada, José Mizael agiu com frieza emocional e extrema violência, “haja vista que, antes de ceifar a vida da vítima, o réu a espancou e, após vê-la caída ao solo, agiu de modo a levá-la à morte, com diversas facadas”.
 

A juíza afirmou na sentença que a comoção causada pelo crime foi grande na comunidade onde a vítima vivia. “Os familiares da vítima sofreram abalo imensurável”, disse a magistrada.

O crime ocorreu em 25 de outubro de 2018, no bairro Jacintinho, em Maceió. Segundo relatos de testemunhas, que constam na denúncia, as discussões entre réu e vítima eram constantes.

Matéria referente ao processo nº 0727772-33.2018.8.02.0001


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp