03/11/2021 às 15h55min - Atualizada em 03/11/2021 às 15h55min

Jovem morta em Maragogi havia denunciado o assassino por estupro, diz polícia

alagoas 24 horas
A Polícia Civil de Alagoas confirmou, na manhã desta quarta (3), que o homem acusado de matar Poliana Tavares, 30, a golpes de arma branca pode tê-lo feito por vingança. Poliana havia denunciado o assassino por abuso sexual contra sua sobrinha, enteada do acusado. O caso ocorreu no ano passado.

O assassino foi detido por populares e entregue à polícia. O crime contra Poliana ocorreu nesta terça (2) em Barra Grande, povoado de Maragogi, cidade da região norte do Estado. A vítima chegou a receber atendimento de emergência dos Bombeiros, foi levada a uma unidade de saúde da cidade onde morreu devido à gravidade das lesões.

 

A PC confirmou, ainda, por meio da sua assessoria, que o acusado foi preso em flagrante e deverá ficar à disposição da Justiça. Ainda não há informação se ele será transferido para o sistema prisional.

O corpo de Poliana foi encaminhado ao IML de Maceió e deverá ser submetido à necropsia e liberado para sepultamento nesta quarta (3).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp