05/11/2021 às 07h34min - Atualizada em 05/11/2021 às 09h34min

Vale o G-4! CSA recebe o Remo precisando vencer para entrar no grupo de acesso

Em caso de vitória, Azulão torce por um tropeço de Goiás, CRB e Guarani; jogo será nesta sexta (5), às 17h, no Rei Pelé

GAZETAWEB
Foto: Olga Leiria/Ag. A Tarde
Embalado. É assim que o CSA volta para casa depois de duas rodadas longe. Antes desacreditado, as vitórias contra Vasco e Vitória consolidaram o Azulão como candidato ao acesso, faltando apenas cinco rodadas para o fim da Série B. E, agora, no Rei Pelé, o Azulão começa a reta final contra o Remo, nesta sexta (5), às 17h. Não há mais espaço para erros.
 

A vitória do CSA sobre o Vasco marcou uma virada no cenário da luta pelo acesso. Praticamente tirou os cariocas da luta e colocou os azulinos como sérios postulantes. Depois, o triunfo sobre o Vitória inflamou a torcida, que promete encher o Trapichão nesta tarde. Em caso de vitória sobre o Remo, o Azulão torce por tropeços de Goiás, Guarani e CRB para entrar no G-4. Com 51 pontos, o CSA é o 7º colocado.

Já o Remo também briga neste Brasileirão, mas contra o rebaixamento. Na última rodada, perdeu para o Londrina, em casa, por 1 a 0, em confronto direto. Agora, somente três pontos separam os paraenses da zona da degola. Em 11º lugar, o Leão Azul tem 41 pontos.

CSA

O duelo no Barradão, contra o Vitória, foi de tirar o fôlego dos torcedores azulinos e rubro-negros. O CSA abriu o placar com Iury Castilho e segurou a pressão dos mandantes, mesmo com um homem a menos em campo. Após o apito final, o goleiro Thiago Rodrigues enalteceu a equipe nesta reta final.

“É dedicação, é empenho, é luta, isso aqui é CSA. Ninguém pode não dar nada por nós nesta reta final, mas acreditamos e confiamos muito. Mesmo com um a menos, fomos valentes, fomos guerreiros, e essa vitória aqui representa nosso trabalho”, disse o arqueiro, que defendeu um pênalti na partida.


Goleiro azulino, Thiago Rodrigues fez grandes defesas e defendeu até um pênalti contra o Vitória - Foto: Olga Leiria/Ag. A Tarde

Agora, o tempo é curto. Serão dois jogos decisivos em três dias. Após o jogo contra o Remo, o Azulão pega o Avaí, na segunda (8). Por isso, Mozart terá um motivo para comemorar para o jogo de hoje. O lateral esquerdo Ernandes não teve lesão constatada e volta à equipe. Contra o Vitória, Kevyn foi o titular.

Expulso no segundo tempo da partida contra os baianos, o lateral Éverton Silva fica de fora e abre o caminho para a volta de Cristovam ao time titular. Mozart, Thiago Rodrigues, Matheus Felipe, Fabrício, Geovane, Giva Santos, Yuri e Iury Castilho são os pendurados.

O provável time titular do CSA é: Thiago Rodrigues; Cristovam,
Matheus Felipe, Lucão e Ernandes (Kevyn); Geovane, Yuri e Renato Cajá; Gabriel, Iury Castilho e Dellatorre.

REMO

O retrospecto recente do Remo na Segundona não é nada bom. Apenas uma vitória nos últimos sete jogos. Apesar de as chances de um rebaixamento serem pequenas, de apenas 4,9%, de acordo com a UFMG, o resultado contra o Londrina foi preocupante. Em confronto direto, a diferença para o Z-4 agora é de apenas três pontos.

E o treinador Felipe Conceição teve uma notícia ruim para a sequência. Titular absoluto da equipe, o meia Felipe Gedoz teve uma entorse no joelho e ficará de fora por duas semanas, faltando apenas mais cinco jogos. Vinícius, Erick Flores e Rafinha também estão fora da lista, na fase de transição de lesões.

Porém, o treinador terá alguns retornos importantes para enfrentar o CSA. O volante Pingo e o zagueiro Kevem estão recuperados e viajaram para Maceió. Outro relacionado é o atacante Renan Gorne, que ficou fora das últimas relações, por opção técnica.

O provável Remo é: Thiago Coelho; Thiago Ennes, Romércio, Rafael Jansen e Raimar; Marcos Júnior, Anderson Uchôa, Lucas Siqueira e Arthur (Neto Pessoa); Lucas Tocantins e Victor Andrade.

ARBITRAGEM

Caio Max Augusto Vieira (CBF-RN) será o árbitro principal da partida. Ele será auxiliado por Jean Márcio dos Santos (CBF-RN) e Lorival Cândido das Flores (CBF-RN). O alagoano Jonata de Souza Gouveia (CBF) será o quarto árbitro. No VAR, Ramon Gonçalves Pinheiro (CBF) comanda as ações, sendo auxiliado por Flávio Gomes Barroca (CBF).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp