10/11/2021 às 22h15min - Atualizada em 10/11/2021 às 22h15min

PF CONVOCA VEREADORES ALAGOANOS QUE RECEBERAM AUXÍLIO EMERGENCIAL INDEVIDAMENTE

Os parlamentares foram descobertos após cruzamento de dados feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

A Polícia Federal (PF) convocou os vereadores de Porto Real
do Colégio (AL) Leaudo Alves Vilela, o Leaudo da Pesca (MDB)
e José Ricardo de Oliveira Filho, o Ricardo de Leo (PP) para prestar
depoimentos, nesta quinta-feira (11) na sede da instituição,
em Maceió. Ambos são acusados de receberem parcelas do
auxílio emergencial indevidamente.


Os parlamentares foram descobertos após cruzamento de dados
feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU),em que foram
listados à época 47 candidatos nas eleições de 2020 com renda
declarada superior a R$ 300 mil,mas que mesmo assim
solicitaram o auxílio do governo federal por meio do aplicativo da
Caixa Econômica.


Em 2020, o TCU divulgou uma lista em que 47 candidatos a cargos
públicos em Alagoas eram investigados pelo recebimento ilegal do
auxílio emergencial, em virtude da pandemia. Eles foram localizados
nas cidades de Arapiraca, Barra de Santo Antônio, Batalha, Boca da
Mata, Coruripe, Craíbas, Estrela de Alagoas, Feliz Deserto, Girau do
Ponciano,Igreja Nova,Joaquim Gomes,Lagoa da Canoa,Maceió,
Maravilha,Marechal Deodoro,Paripueira,Piranhas,Poço das Trincheiras,
Porto Calvo,Porto Real do Colégio,São José da Tapera,São Miguel dos
Milagres,São Sebastião e Tanque D’Arca.

Em todo o país, mais de 10 mil candidatos apareceram no cruzamento
de informações do INSS e do Tribunal Superior Eleitoral. Todos eles
estão sendo investigados pela Polícia Federal, e caso fique comprovado
o desvio de recurso público, podem ser condenados civil e criminalmente,
além de terem que devolver os recursos aos cofres públicos, mais
pagamento de multa.



Fonte: Já é notícia

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp