12/11/2021 às 09h50min - Atualizada em 12/11/2021 às 09h50min

OPERAÇÃO CUMPRE 31 MANDADOS DE PRISÃO, BUSCA E APREENSÃO EM MACEIÓ E NO INTERIOR ALAGOANO

Conforme as investigações as três organizações criminosas atuavam na prática dos crimes de tráfico de drogas, porte ou posse ilegal de arma de fogo e homicídios.

Uma Operação deflagrada na manhã desta sexta-feira, 12,
cumpre 31 mandados de prisão, busca e apreensão em
Maceió e no interior alagoano. Nominada Operação Lazzaroni,
a operação busca desarticular três organizações criminosas no
Litoral Norte de Alagoas.


Segundo o Ministério Público de Alagoas, que coordena a
operação através do Grupo de Atuação Especial de Combate
ao Crime Organizado (GAECO), estão sendo cumpridos 15
mandados de prisão e 16 mandados de busca e apreensão
nos bairros da Gruta e Ipioca de Maceió e nas cidades de 
Paripueira e Barra de Santo Antônio.


Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos

pela 17ª vara Criminal da Capital e cumpridos em Maceió, em

cumprimento a um procedimento investigatório criminal (PIC) do

Gaeco com atuação conjunta com a 3ª companhia independente

da Polícia Militar de Alagoas. A  ação é integrada entre as Polícias
Civil e Militar.

Conforme as investigações as três organizações criminosas atuavam
na prática dos crimes de tráfico de drogas, porte ou posse ilegal de arma
de fogo e homicídios.

Lazzaroni
A operação ganhou o nome Lazzaroni por inspiração no significado
do termo em italiano: mendigo. Nas regiões investigadas, os integrantes
das organizações criminosas comercializavam grande quantidade de
drogas em pedaços pequenos e, para isso, os traficantes recrutavam
pessoas para fazer o serviço de aviãozinho que possuíam aparência
de mendigos.


Até o momento, oito pessoas foram presas. Para o cumprimento dos
mandados durante a operação integrada, foram empregados policiais
militares da 3ª Companhia Independente, do Batalhão de Rotam, do
Batalhão de Operações Especiais (Bope), Batalhão de Policiamento
de Eventos (BPE) e do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran).
A P2 do Comando de Policiamento da Capital (CPC) também participou
da ação. Já a Polícia Civil empregou policiais da Divisão Especial de
Investigações e Capturas (Deic) (Tigre e Capturas) e da Asfixia.



Fonte: Já é notícia



 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp