14/03/2022 às 10h40min - Atualizada em 14/03/2022 às 10h40min

Antes sonho, hoje realidade: Hospital Regional do Alto Sertão realiza primeiros partos humanizados pelo SUS

Toda grávida tem direito a ter um parto humanizado, com profissionais capacitados e uma estrutura que ofereça todo o conforto que merece nesse momento tão sublime, que é a geração de uma vida. Já imaginou tudo isso em um hospital público no Sertão de Alagoas? Um sonho, não é mesmo? Mas, agora esse sonho se tornou realidade com o Hospital Regional do Alto Sertão (HRAS), em Delmiro Gouveia, onde neste sábado (12), duas grávidas que entraram em trabalho de parto estão sendo atendidas com todo carinho pela equipe médica obstétrica e doulas da unidade.

O Hospital Regional do Alto Sertão, que antes recebia apenas pacientes acometidos com a Covid-19, mudou o seu perfil assistencial, na sexta-feira (11), e está em pleno funcionamento com a melhor estrutura e profissionais capacitados para receber casos de urgência e emergência beneficiando uma população de aproximadamente 161 mil pessoas, distribuída por sete municípios que integram a 10ª Região de Saúde: Delmiro Gouveia, Inhapi, Pariconha, Água Branca, Mata Grande, Olho D’Água do Casado e Piranhas.

No HRAS, as mamães estão sendo tratadas com muito carinho, com direito a massagem, banheira e um conjunto de procedimentos para garantir dignidade à gestante e ao bebê no momento do nascimento. O papel da doula é reconhecido e recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como sendo fundamental para a humanização do parto, pois a profissional oferece todo suporte físico e emocional à gestante e aos seus familiares.

O secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, está em Delmiro Gouveia e acompanhou de perto as primeiras gestantes atendidas na unidade, Maria Roberta dos Santos, de 20 anos e uma adolescente que não teve a idade informada. “Esse bebê vai entrar na história como o primeiro bebê a nascer aqui no Hospital Regional do Alto Sertão. A Mari já tem dois filhos e esse é o terceiro. A profissional que fez os dois primeiros partos normais da paciente será a mesma que irá fazer esse agora. E é assim que a gente está mudando a saúde. Eu, o governador Renan Filho e esses profissionais trabalhando de maneira organizada com transparência. Abrimos o hospital ontem e hoje já tem bebê nascendo”, relatou Ayres.

Investimento e Estrutura – O HRAS foi inaugurado pelo governador de Alagoas no dia 21 de junho do ano passado. Foram investidos cerca de R$ 35 milhões na construção do equipamento. Desde sua abertura, o Hospital Regional do Alto Sertão se consolidou como unidade de referência na região para atendimentos exclusivos de casos de Covid-19, disponibilizando 10 leitos de UTI e 50 leitos clínicos.

Agora, o HRAS passa a ser porta de entrada para os casos de urgência e emergência, com a realização de procedimentos especiais invasivos e de emergência de alta complexidade. A estrutura conta com Centro Cirúrgico com quatro salas para cirurgias de grande, médio e pequeno porte, além de uma sala exclusiva para partos cirúrgicos.

O setor de internação terá capacidade total para 123 leitos. O hospital contará com o número total de 153 leitos, levando em conta 30 leitos transitórios de observação. Na unidade são oferecidos serviços de ortopedia, nefrologia, cardiologia, urologia, cirurgia geral e obstetrícia, além de exames por imagem. A estimativa é que sejam realizados, mensalmente, sete mil exames de diagnóstico complementar. Para isso, serão disponibilizados exames de tomografia computadorizada, ultrassonografia, ecocardiograma, eletrocardiograma, raios-x e mamografia.

por Agência Alagoas


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp