05/01/2022 às 07h51min - Atualizada em 05/01/2022 às 07h51min

FAMÍLIA DE CRIANÇA QUE MORREU APÓS REAÇÃO ALÉRGICA EM MACEIÓ DESCONFIA DE NEGLIGÊNCIA MÉDICA

Foto: Reprodução
A tia de uma menina de 7 anos que morreu no Hospital Geral do Estado (HGE) denuncia a suposta negligência médica da equipe do hospital, que teria resultado no óbito da criança.

De acordo com ela, Isabelly foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Tabuleiro do Martins, pois estava febril e se sentindo indisposta. Após receber a medicação, foi liberada.

No entanto, a menina apresentou várias manchas pelo corpo ao chegar em casa, como uma reação alérgica. Com o agravamento da situação, ela morreu no HGE.

A família de Isabelly avalia que a causa da morte, indicada como indeterminada pelo Instituto Médico Legal (IML), e o falecimento após o quadro inicial de pouca gravidade aparente, são no mínimo questionáveis.

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) informou para a imprensa que o caso está sendo apurado em conjunto com a direção da UPA do Tabuleiro do Martins.


Fonte: Já é notícia

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp