13/03/2022 às 10h30min - Atualizada em 13/03/2022 às 10h30min

Entidade recebe denúncias de supostas irregularidades na contratação de pessoal para beneficiar candidatura do filho de Luciano Barbosa

De Olho Alagoas
Foto: Blog Edvaldo Júnior
Em vìdeo que circula nas redes sociais, os jornalistas Raudrim de Lima e Fernando Cpi, durante a apresentação do programa -  Café com a USSA - , expuseram uma série de irregularidades cometidas por algumas prefeituras do estado de alagoas no tocante a contratação de pessoal em regime de cooperativa, uma prática ilegal e de total desconsideração a dignidade humana, segundo os argumentos apresentados e contidos em diversos "Acórdãos" da legislação vigente. Ainda segundo os jornalistas, existem fortes indícios de que tal prática do executivo municipal arapiraquense tenha como um dos principais objetivos, o favorecimento da candidatura do filho do atual gestor, Luciano Barbosa, para a câmara federal em outubro próximo.
 
"Não faremos nada que vá no caminho contrário ao que preconiza a lei, pois,  o ônus da prova cabe a quem alega, porisso estamos nos desbruçando sobre toda a documentação que nos chega pra sabermos até que ponto à máquina pública está sendo usada para favorecer ao filho do gestor". Destacou CPI".

Por: Cortesia

Por: Cortesia

Por: Cortesia

 
Já o jornalista e presidente da USSA, Raudrim de Lima, não poupou críticas ao gestor de Arapiraca, a quem classificou de "Um farsante" que se dizia ser de esquerda e preocupado o povo, mas na verdade, era uma máscara que acabou de cair com essa situação.

 
"Como é que você, Luciano Barbosa e sua equipe admite uma aberraçao dessa, relacionada à licitação de cooperativa, infligindo os principios da legalidade, indo de encontro aos direitos trabalhistas conquistados pelos brasileiros. Será que a estrutura jurídica municipal não tinha conhecimento disso, sendo necessária a justiça alagoana entrar em cena". Parabéns para à Justiça com nota de (10) e, zero(0) para o gestor Luciano Barbosa, concluiu Raudrim de Lima.

Por fim, os apresentadores frisaram que, concluída a análise necessária de toda documentação, será dada os devidos encaminhamentos aos órgãos competentes. 

Ressalte-se ainda, que o NCIA - Núcleo de Combate à Improbidade Administrativa, também analisa os documentos e ingressará com as devidas representações  que o caso requer.

Veja vídeo:



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp