06/07/2022 às 09h34min - Atualizada em 06/07/2022 às 09h34min

Água mineral é comercializada a R$30 em cidades antigidas pelas chuvas

Casos foram registrados em munícipios da zona da mata alagoana

7Seg
Foto: reprodução

Está circulando nas redes sociais a informação de que o botijão de água mineral de 20 litros está sendo comercializado pelo valor de R$30,00 em cidades da zona da mata atingidas pelas chuvas dos últimos dias.

O preço abusivo, segundo os relatos, seria justificado pelos comerciantes devido a falta de abastecimento nesses locais, tornando a água um produto valioso. Os relatos recebidos, são das cidades de União dos Palmares, e São José da Laje.

Na capital, em média, o botijão de 20L pode ser encontrado de R$5,00, em bairros da periferia, como no Benedito Bentes, à R$8,00 na parte baixa, na Mangabeiras, por exemplo.

Até a tarde de ontem (05), a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) informou que conseguiu retomar o abastecimento de várias cidades do estado após técnicos da empresa trabalharem na manutenção dos sistemas que haviam sido danificados pelas chuvas intensas dos últimos dias.

O abastecimento segue suspenso em Maribondo, Murici, Capela, Ibateguara, Novo Lino e Traipu, em razão tanto da qualidade da água dos mananciais quanto de danos causados pelas chuvas aos equipamentos da Companhia.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp