09/07/2022 às 11h49min - Atualizada em 09/07/2022 às 11h49min

Desenvolvimento Sustentável fecha junho com mais de 10 mil pessoas orientadas pela educação ambiental

Bairros da parte alta e baixa da capital alagoana receberam ações do órgão

Alexandre Vieira e Amanda Lima (estagiária) / Ascom Sudes
Desenvolvimento Sustentável fecha junho com mais de 10 mil pessoas orientadas pela educação ambiental. Foto: Ascom Sudes

Durante o último mês, dedicado as ações relacionadas ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 5 de junho, a Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) realizou atividades de educação ambiental em diversos bairros da capital. Com isso, cerca de 10 mil pessoas receberam orientações sobre os cuidados com a natureza e a destinação correta de resíduos gerados pela população.

As ações eram focadas na visita as residências, conversando com a população e passando informações sobre a coleta domiciliar em cada região e a coleta de volumosos, além de orientar sobre o que descartar nos Ecopontos e nos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) espalhados pela capital.

Educadores vão de porta em porta orientando moradores. Foto: Ascom Sudes

Educadores vão de porta em porta orientando moradores. Foto: Ascom Sudes

Educadores vão de porta em porta orientando moradores. Foto: Ascom Sudes

Dentre os bairros e conjuntos visitados estão o Benedito Bentes, Vergel, Vale do Reginaldo, Village Campestre, Jacarecica, Eustáquio Gomes, Pontal da Barra, Poço, Feitosa e Levada, beneficiando tanto a região alta da capital, quanto a baixa.

Além da equipe de educação ambiental da Superintendência, composta por servidores, também participaram das atividades jovens aprendizes da Naturalle e da Viambiental, empresas encarregadas pela coleta domiciliar da cidade, além de agentes das cooperativas que trabalham em parceria com a Prefeitura na reciclagem de resíduos.

Superintendente da Sudes, Ronaldo Farias explica a importância das atividades de educação ambiental para os maceioenses.

"A intenção é ir na origem do problema. Não adianta nós fazermos a limpeza dos pontos crônicos de descarte irregular da cidade e, posteriormente, os cidadãos jogarem lixo novamente.” ressaltou.

“Por isso, vamos de porta em porta, nos bairros com mais pontos, e explicamos as formas de preservar o meio ambiente e a limpeza da cidade. Também falamos sobre os malefícios causados pelo despejo inadequado, como transbordamentos de canais, doenças e animais peçonhentos", concluiu Farias.

Equipes ainda fizeram a instalação de bombonas em alguns locais. Foto: Ascom Sudes

Equipes ainda fizeram a instalação de bombonas em alguns locais. Foto: Ascom Sudes

Equipes ainda fizeram a instalação de bombonas em alguns locais. Foto: Ascom Sudes

Para a diretora de Planejamento e Serviços Especiais da Sudes, Kedyna Tavares, orientar a população é um passo importante para transformar o bairro em um local mais sustentável.

"Um local poluído e com lixo descartado de forma irregular atrai animais, oferecendo risco aos moradores e causando mau cheiro na região. A Prefeitura realiza a coleta, mas, somente educando, vamos conseguir ter a população como nossa aliada nesse projeto”, disse a diretora.

Central de Monitoramento Sudes

Para informações sobre a coleta domiciliar, Coleta de Volumosos, Ecopontos e PEVs o cidadão pode entrar em contato com a Sudes através do número 0800 082 2600, pelo 156 ou no WhatsApp 98802-4834.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp