19/07/2021 às 10h06min - Atualizada em 19/07/2021 às 10h06min

Moradores protestam por melhorias na pavimentação e drenagem no Povoado Riacho Velho, em Marechal

BR-424 foi bloqueada nos dois sentidos por mais de 3h. Via que dá acesso ao povoado está cheia de buracos e o acesso com veículos está difícil.

- Michelle Farias
G1 AL
Moradores bloqueiam BR-424 em protesto por pavimentação e drenagem — Foto: Arquivo Pessoal
Moradores de Marechal Deodoro, região metropolitana de Maceió, realizaram na manhã desta segunda-feira (19) um protesto na entrada do Povoado Riacho Velho por melhorias de drenagem e pavimentação nos Povoados Bica da Pedra, Auxiliadora e Riacho Velho.

Eles reclamam que a via no local é de barro e, com as chuvas dos últimos dias, está praticamente intransitável.

A manifestação teve início por volta das 4h e às 7h30 a via foi liberada. Moradores usaram pneus e galhos de árvores para bloquear o acesso.

Em nota, a Prefeitura de Marechal Deodoro informou que as vias de acesso ao povoado Riacho Velho tiveram projeto de pavimentação e drenagem iniciado, entretanto, alguns problemas foram encontrados. Disse ainda que a pavimentação exige um prazo de, no mínimo, 30 dias para a "cura" da obra (confira a nota na íntegra ao final do texto).

O secretário de infraestrutura de Marechal Deodoro esteve no local e conversou com os moradores. Ele disse que a prefeitura vai fazer um melhoria na via antes das obras de pavimentação.

"Vamos passar a máquina para diminuir os buracos. Nós iniciamos a obra, mas por questões técnicas não pudemos concluir porque só tem esse acesso e a via é estreita. O pavimento seria de paralelepípedo, mas estamos mudando para asfalto. Em torno de 30 a 45 dias nós devemos iniciar as obras", afirmou Vitor Almeida.


Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar estiveram no local e acompanharam o protesto.

Veja a nota completa da prefeitura de Marechal Deodoro

"A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras (SEMINFRA) informa que as vias de acesso ao povoado Riacho Velho teve o projeto de pavimentação em paralelo e drenagem iniciado. Entretanto, alguns problemas foram encontrados, por tratar-se de uma via de acesso único. A pavimentação em paralelo exige um prazo de, no mínimo, 30 dias para a "cura" da obra, não podendo haver circulação nenhuma de veículos durante esse processo.

Pensando no bem-estar dos moradores, a Prefeitura de Marechal Deodoro refez o projeto e deve retomar a obra já com a drenagem e pavimentação em asfalto, que exige um tempo de obra menor. O projeto já está em processo licitatório e deve ser iniciado em cerca de 40 dias, a depender somente dos prazos e exigências jurídicas"



Por volta de 7h30 a BR-424 foi liberada — Foto: Douglas Lopes/TV Gazeta




Polícia Militar aconpanhou a manifestação dos moradores em Marechal Deodoro — Foto: Douglas Lopes/TV Gazeta

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp