22/07/2021 às 19h22min - Atualizada em 22/07/2021 às 19h22min

Mulheres são flagradas tentando entrar em presídio com drogas escondidas em bananas e sabonetes

Ascom/Seris
A Polícia Penal voltou a flagrar visitantes com material ilícito durante procedimento de revista no sistema prisional alagoano. Desta vez, três mulheres foram presas, na tarde desta quinta-feira (22), tentando ingressar com droga no Presídio Baldomero Cavalcanti, em Maceió. As suspeitas foram conduzidas por equipe do Grupamento de Escolta, Remoção e Intervenção Tática (Gerti) até a Central de Flagrantes, no bairro Pinheiro, onde prestam depoimento à autoridade competente.
 

As prisões foram realizadas por policiais que se encontravam de serviço naquela unidade prisional. Após utilizar o aparelho de esteira com raio-x – destinado à conferência de alimentos e objetos entregues por familiares de reeducandos –, a equipe suspeitou de duas encomendas e, mediante nova verificação, deparou-se com cerca de 500 gramas de maconha escondida em bananas e sabonetes em barra.

Com o apoio do Núcleo de Inteligência, os policiais penais já identificaram, inclusive, os dois reeducandos que receberiam o material ilícito. Ambos cumprem pena no módulo 2 do Baldomero Cavalcanti. Um deles é um jovem de 24 anos que foi preso em flagrante, em março de 2017, por tráfico de drogas na orla de Jatiúca, em Maceió.
 

Este foi o terceiro caso de visitante flagrado com material ilícito, no complexo penitenciário de Maceió, em pouco mais de uma semana. “A Polícia Penal segue se aperfeiçoando no sentido de coibir quaisquer tentativas de burlar os procedimentos de segurança no âmbito do sistema prisional alagoano”, assegura o chefe especial de Gestão Penitenciária, policial penal Milton Pereira.

 
 
 
 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp