24/07/2021 às 22h22min - Atualizada em 24/07/2021 às 22h22min

Justiça decreta prisão preventiva de motorista que provocou acidente fatal na Av. Fernandes Lima, Maceió

Sérgio Praxedes permanece preso na Central de Flagrantes, onde aguarda transferência para o sistema prisional. Carro na contramão atingiu motos, duas pessoas morreram e uma está internada no HGE.

G1 AL
Motorista Acidente Fernandes Lima — Foto: Reprodução/Tv Gazeta
A Justiça converteu a prisão em flagrante em preventiva do motorista Sergio Praxedes dos Santos Filho, que provocou um acidente fatal na Avenida Fernandes Lima, em Maceió. A audiência de custódia aconteceu neste sábado (24) e o suspeito permanece preso na Central de Flagrantes, aguardando transferência para o sistema prisional.

Na decisão, a Justiça destacou a gravidade do caso. "A princípio, a conduta faz com que a liberdade do investigado represente uma afronta para a ordem pública, face à gravidade in concreto do delito. Nesta ordem, estamos diante um crime bárbaro, com duas vitimas fatais e uma vítima de lesão corporal gravíssima, temos nos autos o atestado da embriaguez do investigado por álcool ou por outra substância psicoativa, feito pela autoridade policial competente após a negativa do mesmo em realizar o exame do bafômetro", diz a decisão.

O advogado do motorista, Diego de Albuquerque comunicou que não iria se pronunciar sobre o caso neste sábado.

Praxedes foi preso em flagrante após o acidente e autuado por homicídio culposo e lesão corporal culposa, agravados por dirigir sob efeito de álcool. Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas.

Ele se recusou fazer o teste do bafômetro, mas os policiais que atenderam à ocorrência disseram que não tinha como negar que ele estava sob efeito de álcool.


Ainda na decisão, o juiz destacou que o motorista seguiu pela contramão da avenida. "Antes de cometer essa grave conduta criminosa, o flagranteado abasteceu se veiculo, e, ao sair do local, adentrou em uma das principais vias da cidade no fluxo da contramão, assumindo totalmente o risco de sua conduta. Assim, vê-se que a conduta do investigado, no presente momento, representa uma forte afronta à ordem pública, face à gravidade em concreto do caso, que teve vítimas fatais e lesões corporais de natureza grave ou gravíssima, havendo indicativos legais constantes no auto de prisão em flagrante, de que o conduzido ingeriu bebida alcoólica ou qualquer outra substância e depois saiu conduzindo seu veículo com sua capacidade psicomotora alterada", traz a decisão.




O carro na contramão atingiu a moto do segurança Pedro Alves de Souza Júnior, de 31 anos, que morreu na hora. Ele era segurança de uma empresa privada e estava a caminho do trabalho.

Além dele, também foram atingidos Quitéria Gonçalves de Amorim e José Cicero da Silva Santos, ambos de 46 anos. Os dois são casados foram socorridos para o Hospital Geral do Estado (HGE). Santos ficou internado em estado grave, mas não resistiu e faleceu à noite.

Câmeras de videomonitoramento da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsitos (SMTT) flagraram Sérgio Praxedes dirigindo na contramão, momentos antes de atingir as duas motos.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp