02/08/2021 às 18h32min - Atualizada em 02/08/2021 às 18h32min

Polícia registrado cinco casos de violência contra mulher em 24h

alagoas 24 horas

A Polícia Militar registrou – oficialmente – cinco casos de violência contra a mulher apenas neste domingo (1º) na capital alagoana. Os casos se somam às estatísticas oficiais, que apontam o crescimento exponencial da modalidade durante a pandemia.

 
 

No Cidade Universitária, uma mulher de 32 anos procurou à polícia afirmando que estava bebendo com o companheiro em um boteco e na saída, quando estavam dentro do veículo, ele passou a agredi-la a socos e ameaçá-la de morte. A mulher pulou do carro e saiu em busca de socorro. Os militares foram à residência da vítima, onde encontraram o agressor, de 33 anos. Ambos foram encaminhados à Central, onde ele foi denunciado pelos crimes de injúria, lesão corporal e ameaça.

 

No bairro do Ouro Preto, uma mulher de 31 anos denunciou à polícia que foi ameaçada e agredida pelo companheiro após uma discussão. A mulher foi encontrada com um ferimento na mão e afirmou que esta não foi a primeira vez que foi agredida. O agressor, de 35 anos, foi encaminhado à central onde foi formalizada a denúncia junto à polícia judiciária.

 

Outro caso ocorreu no bairro do Bom Parto. Um jovem de 21 anos foi preso em flagrante acusado de agredir sua esposa, da mesma idade. A PM não forneceu detalhes de como se deu a agressão. Ambos foram encaminhados à Central para formalização da denúncia.

Em Marechal Deodoro, na região metropolitana, uma mulher de 33 anos foi agredida pelo seu companheiro, de 24 anos, no Centro da cidade. Na mesma cidade, um homem foi detido por populares depois de invadir a residência de uma mulher de 53 anos.

Ao perceber a invasão, a mulher se trancou em um dos cômodos e pediu ajuda. Populares invadiram o local e detiveram o suspeito, que a vítima afirma conhecer, mas não possuir qualquer envolvimento.

O acusado foi denunciado por invasão de domicílio.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OLÁ - NA MIRA ZAP
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp